Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Exercício Profissional (veja mais 135 artigos nesta área)

por Lucila Turqueto

6 Conselhos poderosos para arquitetos recém-formados



Terminar a faculdade costuma ser uma fase complexa na vida de jovens arquitetos. Afinal, chegou o momento de encarar os reflexos da decisão que tomou ao fazer o vestibular.


E a pressão pode vir de vários lugares. Principalmente da família, que ajudou a financiar os estudos. Quem não tem aquele primo ou vizinho da mesma idade que é bem sucedido? “Fulano já comprou carro e financiou apartamento”, é o que se costuma ouvir em muitos almoços de domingo.

Quando cai a ficha dos arquitetos

Na faculdade, os futuros arquitetos são charmosos e descolados. Figuras engajadas em atividades artísticas, que desfilam pelo campus chamando atenção pelas roupas, gestos e atitudes.

Quando chega a hora de procurar emprego, a situação é bem diferente. Não é tão simples despertar admiração em um mercado disputado. Além disso, suas convicções arquitetônicas, sociais e culturais passam a segundo plano. Pois, agora, o que de fato interessa são os desejos do cliente (e/ou do seu chefe).

Se adaptar ao novo contexto pode ser mais difícil ainda caso não tenha adquirido vivência de mercado no decorrer da graduação. Embora haja obrigatoriedade do estágio, muitos o fazem penas para “cumprir tabela”. Pior: até existem aqueles que somente pedem a algum conhecido para “assinar a papelada”.

Algumas dificuldades vividas por arquitetos recém formados:

- tem poucos recursos financeiros;
- precisa de emprego;
- não sabe o que fazer;
- não está preparado para empreender;
- não tem projetos próprios para mostrar;
- Acha que seu trabalho é desvalorizado;
- não desperta segurança nos clientes;


É raro que um arquiteto saia da faculdade completamente pronto para os desafios do mercado de trabalho. Mas a boa notícia é que você veio ao lugar certo. Reunimos aqui 6 conselhos poderosos que vão ajudá-lo muito em sua carreira. Confira a seguir!

1 – Olhe para o que você viveu e aprenda com tudo

Muita gente pode se traumatizar com a maneira como é recebida no meio profissional. Pouco dinheiro, noites mal dormidas, clientes temperamentais, trabalhar em serviços que não gosta… Alguns até pensam em desistir da arquitetura.

Se este é o seu caso, você precisa mudar de postura com urgência. Abrir mão do caminho que escolheu, logo quando aparecem as primeiras dificuldades, não vai te levar a lugar algum na vida.

É hora de amadurecer. Alguns comportamentos, tais como sair no meio da semana e consumir álcool em excesso não são compatíveis com seu novo momento. Como profissional, você precisa se organizar e ter boa disposição para encarar desafios.

2 – Invista em sua rede de relacionamentos

Uma boa recomendação é sempre o melhor cartão de visitas. Ter clientes falando bem de seus projetos para outras pessoas com certeza vai abrir muitas portas.

Pode ser frustrante trabalhar no escritório de alguém, onde nem sempre suas ideias são valorizadas. Mas essa aparente exploração pode resultar em bons contatos profissionais, abrindo portas para negócios futuros.

Também busque parcerias com empresas que atuam em áreas onde haja complementariedade com a arquitetura. Bons exemplos são escritórios de imóveis e corretores, depósitos de materiais de construção, entre outros.

3 – Busque um foco em sua profissão

Toda oportunidade para aprender deve mesmo ser aproveitada. Contudo, os arquitetos devem identificar quais áreas eles gostam, têm afinidades e mercado para sua atuação.

“Portanto, quando recém-formado, se permita trabalhar mesmo com atividades que você não julgava tão interessantes na teoria. Você poderá se surpreender com as descobertas da prática.” Elizandra Zorzetto Arquiteta e Urbanista | Paulínia-SP

Ou seja, “na prática a teoria é outra”. É um erro acreditar que só vale a pena investir em tarefas que na faculdade lhe traziam maior satisfação. Somente com a experiência prática será possível estabelecer um foco para sua carreira.

4 – Ofereça trabalho voluntário

Não vamos aconselhar que você faça projetos gratuitos para seus amigos. Mas participar de iniciativas filantrópicas pode trazer grandes benefícios.

Um levantamento recente divulgado pela Escola de Medicina da Universidade de Exeter, no Reino Unido, comprova que ajudar ao próximo faz bem à saúde. Pessoas engajadas em serviço voluntário vivem cerca de 20% mais, além de evitar a depressão e ter mais bem-estar.

E se você ainda não se convenceu, tem mais. Se relacionando com inúmeras pessoas no ambiente de filantropia, é bem provável que você também conheça bons contatos que podem te ajudar profissionalmente.

5 – Mantenha o ânimo

Já falamos aqui da nostalgia em relação ao período de estudante, e também sobre os desafios para se inserir no mercado profissional. Mas a principal finalidade deste texto é mostrá-lo que não é o único a viver esse momento. E que existem caminhos para se sair bem.

Ao entrar no mercado de trabalho, quem sabe você conheça amigos que levará para o resto da vida. Estando em contato com diversas pessoas do meio, talvez descubra novas maneiras de aplicar seus conhecimentos e ganhar dinheiro com isso.

Seja simpático, o tipo de pessoa que todos gostam de conviver. Mostre-se sempre disposto a ouvir e aprender, desta forma vai receber dicas valiosas. Com o tempo, certamente essa postura vai atrair grandes oportunidades. Logo, não fique aflito e siga em frente!

6 – Saiba abrir espaço no mercado

Abordamos nesse texto a importância dos relacionamentos para promover seu trabalho. Mas também busque horizontes ainda mais amplos. Utilizando técnicas de marketing digital, é possível se relacionar com um público muito maior, o que pode render bons negócios.

Esteja presente nas redes sociais. Mas é importante que defina um nicho específico para quem falar. Compartilhe seus conhecimentos e invista em conteúdo relevante, que atraia a atenção das pessoas.




Lucila Turqueto, criou o blog Casa de Valentina que logo se tornou uma referência no setor de arquitetura e decoração.(blog.marketingdecor.com.br)



Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

6 Conselhos poderosos para arquitetos recém-formados

Abrir negociações é tão importante quanto fechar negócios

Exigência de titulação acadêmica para contratação de profissionais de mercado: Um enorme equívoco

O Facebook e a formação continuada dos profissionais

Principais Dificuldades de um Arquiteto sem Renome ou Iniciante

O buraco é mais em cima.

Arquiteto ou Engenheiro?

Tempo integral

Metáfora futebolística - A preparação física

21 dicas para uma vida bem sucedida na arquitetura

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto depois da prestação do serviço

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto durante a execução do serviço

Dez coisas que aborrecem o cliente do engenheiro e do arquiteto durante a negociação do serviço

Indicadores de desempenho nos escritórios de arquitetura e de engenharia

Como ser um engenheiro civil de sucesso.

Se o seu escritório fosse um time de futebol, em qual divisão ele estaria jogando?

Dia do Arquiteto. Dia do Engenheiro : Profissionais que transformam sonhos em realidade

O buraco é mais em cima.

E o que faz o profissional da arquitetura de TI?

Conheça o perfil do Engenheiro para o mercado de trabalho

Como estar preparado para o primeiro contato com o cliente?

A importância da Engenharia para a sociedade e para o Brasil do século XXI.

Qual a importância do arquiteto?

Como Se Tornar um Arquiteto

Crise. Segundo Einstein.

Engenheiro ou arquiteto, qual devo contratar para o projeto de casa

Possibilidades na carreira para arquitetos

Por que é tão difícil?

Os 10 mandamentos de marketing para engenheiros e arquitetos

Quem é o engenheiro civil?

Tempo integral

Dicas para desenvolvimento profissional

Cliente e arquiteto: os dois lados da moeda

A delicada relação cliente-arquiteto

Carta a um calouro (de arquitetura ou de engenharia)

A Profissão de Arquiteto

O que é Engenharia de Software?

Tabela de Honorários

Como e quanto os arquitetos cobram pelo seu trabalho?

Arquiteto, designer e decorador: sem preconceitos

Vantagens de estar desempregado (ou não) durante a seleção

Sucesso + Engenharia = Realizaçao profissional

6 ideias que podem mudar sua sina na entrevista de emprego

A responsabilidade profissional e o ser humano

O Mito da Criatividade em Arquitetura

Vantagens da Contratação de um Profissional Especializado

Diferença entre Arquiteto, engenheiro civil e designer de interiores

7 aspectos para começar e construir uma carreira em arquitetura ou design .

Quer ser um engenheiro de sucesso? Seja um engenheiro criativo.

O caminho de volta

O valor do profissional brasileiro

Contratação por projeto executivo define a obra

Inteligência Emocional: Conheça características do líder moderno

A importância do Planejamento no Papel

Atribuições do arquiteto

Lelé: cidades como São Paulo são Frankensteins.

Engenharia Nacional e a Competitividade Brasileira

A corrupção e a garantia quinquenal de obras

Como ser um empreendedor de sucesso

Sociedade entre Arquitetos: A construção em grupos de pesquisa e preço competitivo no mercado da construção

Trabalhar em casa: um bom negócio

Trabalho em equipe, 10 dicas para que isso aconteça.

Promiscuidade entre estado e governo: o vórtice do mal.

O “irresponsável técnico” da engenharia, arquitetura e construção

Arquitetos voltados a Decoração

2.012 – Importante ano para as Entidades de Classe do Sistema Confea/CREAs

Como produzir (provocar) a propaganda boca-a-boca

Os arquitetos e as cidades

Por que é que a gente é assim?

Profissionais da Engenharia, Arquitetura e Construção do 3º milênio

Qual é o valor da minha hora-técnica? Como calculo isso?

O arquiteto como administrador de obras: vamos unir o útil ao agradável!

A falta de planejamento das pequenas empresas na construção civil

As previsões de Nostradamus, e a vergonha da Copa de 2014?

Porque o arquiteto deve fazer a administração de obras

Arquitetos de Cozinha

Conselho de Arquitetura e Urbanismo foi aprovado. O que muda?

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 3ª parte

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 2ª parte

O exercicio profissional e a sustentabilidade das profissões: uma abordagem mercadológica - 1ª parte

Sociedade entre Arquitetos: A união, normalmente, faz a força!

Arquiteto ou arquiteta? Quem é melhor?

O Brasil é um país de oportunidades para engenheiros...

Obras públicas e a responsabilidade do sistema CONFEA/CREAS perante a nação! Final.

Obras públicas e a responsabilidade do sistema CONFEA/CREAS perante a nação! - 1ª parte.

O desabafo de um arquiteto

Relação arquiteto e cliente: um jogo de xadrez deveras complicado!

Lei federal exige específicamente a ART de orçamento

O principal documento para o trabalhador, não tem segunda via.

Orçamentos estimativos sem identificação de autoria pode anular licitação pública.

Licitação por pregão : Carta aberta ao Senador Eduardo Suplicy

Irrigar a economia real sem custos extras

Relacionamento Entidade de Classe x Prefeitura... Parceria, Guerra ou Indiferença...

Resistência dos Materiais - Treliça Hipostática

Proposta de Política Industrial para a Construção Civil

Crises e Oportunidades

O TAC no contexto do direito ambiental

Vai montar seu canteiro de obras? Atente para alguns detalhes da norma

Maquete eletrônica – parte 1

Segurança em trabalhos com eletricidade

Como ter segurança em trabalhos com eletricidade

Em busca do tempo perdido

Antoni Gaudí, um arquiteto sonhador?! (Barcelona, 1852-1926)

Arquitetura Antroposófica: as artes plásticas e o desenvolvimento da alma humana

Os CREAs e o IPTU que as Prefeituras querem cobrar...

Zaha Hadid – uma arquiteta orgânica. Gosta de construir descontruindo.

É preciso recompor a arquitetura e a engenharia brasileiras

Quem tem medo de Oscar Niemeyer?

A Liderança Empresarial e a Sustentabilidade

O verdadeiro papel das entidades de classe.

Relação aberta, gol na certa!

O uso da medida grado na Geometria e a Historia Militar Brasileira - Aspectos de unidades de medida

Maquetes Eletrônicas

Eu compro imóvel na planta

Engenharia de Avaliações

Táticas para pedir (e conseguir) aumento de salário

Obras e serviços de Engenharia não podem ser licitados por pregão !

Supersimples na construção civil: vale a pena aderir?

Proposta de projeto : a difícil negociação entre o arquiteto e o cliente,

A importância de contratar um Arquiteto e como proceder

Dúvidas mais comuns em relação ao registro de empresas no CREA-SP

Enigma estrutural: Teste estático versus teste dinâmico, ou Como Testar Uma Laje de Salão de Baile

O livro sagrado da Engenharia -- Surpresa! não é aquele que você está pensando.

Pensamentos da Engenharia

Imóvel, alternativa de aposentadoria

Honorários de engenharia : Como é difícil receber !!!

A.R.T. - Acervo e defesa do profissional

Orientação de um velho Engenheiro de Barbas Brancas a um jovem engenheirando sobre um estágio de férias

Aspectos matemáticos e humanos da corrente da felicidade

Invista no Arquiteto!

São Paulo, um gigantesco campo de trabalho para a Arquitetura

Como fazer a retificação de área no Registro de Imóveis

Espanhol cresce como ferramenta de trabalho!

Perguntas mais comuns em uma entrevista de emprego(3/3)

Procedimentos em uma entrevista de emprego (2/3)

Preparando-se para uma entrevista de emprego (1/3)