Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Marcos Malamut

Paisagismo e jardinagem: qual a diferença?



No senso comum e até no mercado de trabalho, paisagismo e jardinagem são, muitas vezes, usadas como equivalentes ou como variantes de uma mesma atividade. Ambas são entendidas como responsáveis pela composição de jardins com plantas ornamentais, geralmente com intenções decorativas.

Na prática, o paisagismo é tratado como se fosse uma versão mais elaborada da jardinagem, executada por profissionais com formação mais aprimorada. Mas, ao abordarmos esses termos com um pouco mais de rigor, diferenças relevantes na abordagem profissional começarão a surgir.


Vale prestar atenção nos pontos que distinguem as duas atividades, para que possamos perceber a amplitude de assuntos que de fato conceituam cada termo.

O que é jardinagem?

Jardinagem está relacionada ao ofício e à arte de cultivar jardins. Exige conhecimentos a respeito das plantas ornamentais, as necessidades, as técnicas de cultivo e a manutenção delas, e a respeito da maneira de organizá-las em canteiros esteticamente harmônicos. O projetista os organiza como composições a partir da plasticidade das formas, cores, texturas e volumes de cada planta.

E paisagismo?

Paisagismo está relacionado ao planejamento da paisagem. Os temas centrais da atividade são o planejamento da interferência na paisagem – a responsabilidade com a construção da paisagem é uma preocupação permanente do paisagista, mesmo em pequenas áreas – e o planejamento dos espaços não edificados.

Focos diferentes

Em uma leitura simplificada: enquanto a jardinagem se ocupa dos cheios, dos sólidos volumétricos das plantas, o paisagismo foca nos vazios, nos espaços ocos resultantes, que serão ocupados pelas pessoas e serão organizados por elementos construtivos diversos, inclusive plantas ornamentais.

As plantas aqui não são o fim, o objetivo, mas o meio, uma das ferramentas para a construção de espaços e de relações com a paisagem.

O que muda é o enfoque, a maneira de pensar: de um lado parte-se da criação e composição de canteiros, e da sua disposição no espaço. Do outro, parte-se da criação dos espaços, do entendimento de suas características e das sensações e emoções que devem proporcionar. Esses espaços serão definidos e organizados por elementos diversos, inclusive canteiros de plantas ornamentais.

Sempre que houver paisagismo com o uso de plantas – pode haver paisagismo sem plantas – haverá também jardinagem. Mas pode haver jardinagem sem haver paisagismo…

Especificidades

Os conhecimentos que sustentam a jardinagem são os que se originam principalmente na área da agronomia. É preciso saber como manejar as plantas para que elas se desenvolvam plenamente. Isso significa saber preparar o solo, plantar, podar, adubar. Além disso, a consciência estética é fundamental na criação de composições que serão apreciadas por sua beleza.

Já os conhecimentos que sustentam o paisagismo nos termos em que estamos discutindo o assunto, têm origem na arquitetura. É preciso entender de espaços e de como eles são percebidos pelas pessoas e como desejamos que elas se sintam neles. É preciso saber como interconectá-los, como organizá-los de forma a estimular atividades específicas ou repouso, como conduzir caminhos, como orientar olhares e vistas específicas. Paisagismo não é feito para plantas, é feito para pessoas, com plantas.

Isso não quer dizer que o paisagista não precise ter conhecimento sobre as características das plantas ornamentais. A jardinagem quase sempre habita o paisagismo, podendo ser usada para organizar os espaços e produzir os estímulos sensoriais imaginados para quem os percorre.

É fundamental compreender que o paisagismo é uma atividade interdisciplinar, e por isso reivindicado por diversas categorias profissionais que em suas formações originais obtém uma parte do conhecimento necessário à sua execução.

Na absoluta maioria dos casos a formação básica é insuficiente e é preciso fazer cursos adicionais, para aprender sobre os temas que tem origem em outras áreas. Para profissionais com formação em áreas como a arquitetura ou o design de interiores é preciso se aproximar do mundo da biologia e das ciências agronômicas e vice-versa, para os que têm formação em áreas como a agronomia é preciso se envolver com os temas do universo da arquitetura.

Paisagismo e jardinagem são complementares, mas muito diferentes. Apesar dos termos serem usados como semelhantes na prática, é preciso perceber que sob o mesmo nome coexistem atividades cujas abordagens divergem em sua partida: colocar plantas no espaço é diferente de criar espaços com plantas!



Marcos Malamut, Arquiteto e urbanista, Marcos Malamut é graduado pela Universidade de São Paulo (FAU-USP/ 1993), especialista em Plantas Ornamentais e Paisagismo (UFLA/2009).



Fonte:proflora.com.br




Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Paisagismo e jardinagem: qual a diferença?

Técnicas de paisagismo que todo arquiteto deveria conhecer

Como ter um jardim florido.

Arquitetura e paisagismo: Conheça a atuação do profissional na área

12 dicas para um jardim florido

Plantas que dão flores o ano todo

Como Montar Um Projeto de Jardim Pequeno

Dicas para cuidar do seu jardim durante o inverno

Como preparar seu jardim para o outono

10 dicas para um jardim lindo na primavera

Como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno

São Paulo, suas árvores e suas enchentes

Cuidando do jardim no outono

Saiba como cuidar do jardim no verão

Cuidados com o jardim no verão

Flores para Decorar a Casa no Inverno – Espécies e Cuidados

Qual piscina construir: alvenaria, fibra de vidro ou vinil?

Para ter rosas sempre lindas

Que tal um jardim dentro de casa?

Arruda: xô mau olhado!

Como preparar o jardim para o verão

Horta em Casa para Cultivar Ervas e Temperos

Preparando o jardim para florir na primavera!

Como diagnosticar problemas em suas plantas

Pergolado ou caramanchão?

Como fazer um jardim de inverno pequeno?

Dicas na hora de escolher as plantas

Os cuidados no jardim durante o outono

Saiba como manter um jardim florido e bem cuidado no outono e no inverno

Paisagismo na arquitetura

Você sabe onde colocar suas plantas dentro de casa?

A importância do paisagismo para a arquitetura

Bonsai, uma forma de arte!

Como fazer um jardim seco

Soluções para apartamentos: trepadeiras em vasos

Planejamento de Jardins

Como preparar o seu jardim para o inverno.

Jardinagem em Quintal Pequeno

A amoreira – para ornamentar, alimentar e vestir

Como escolher mudas saudáveis.

Pisos x Piscinas

Paisagismo: o florescer de uma profissão

Como escolher plantas para o jardim

Como fazer um muro verde

Dicas para o cultivo de árvores em calçadas

A grama do vizinho é mais verde!

Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde

Jardim de inverno

Paisagismo na arquitetura

Árvores para plantio próximo à piscina

Vamos preparar os nossos jardins para o inverno.

Criando, ou mudando, para muito melhor o seu jardim.

Paisagismo e seus estilos

A mesa do jardim!

Onde plantar plantas perfumadas

Quais tipos de plantas ter no apartamento?

Primavera? Aposte em flores para embelezar sua casa.

Como cuidar do jardim na primavera.

Jardim sem sol, isso não é um problema!

Gazebo: espaço de lazer e descanso no jardim

Jardim & Flores no Inverno

Ikebana, O belo para dentro de casa

Quando é preciso trocar de vaso?

Pragas: salve suas plantas!

Os Eucaliptos Utilizados em Paisagismo e Jardinagem

Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas

Orquídeas, dicas para cuidar bem delas.

O Jardim na Primavera

Decore sua casa com flores da primavera!

Violetas, como cuidar bem delas.

Já pensou no jardim do seu condomínio?

Trepadeiras em vasos, solução para apartamentos

As vantagens das trepadeiras em seu projeto de paisagismo

Flores do inverno

Jardim bem cuidado ao longo do ano!

Uma oportunidade de volta às raizes

Setor hoteleiro investe pouco em paisagismo e ecoturismo

Lagos Ornamentais nos Projetos Paisagísticos

Jardim impecável para a temporada de inverno

Paisagismo e Sustentabilidade

Mudas vendidas por ambulantes não vingam e trazem prejuízos

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis

Paisagismo em espaços públicos: benefícios para cidades e para população

As vedetes do paisagismo: as Palmeiras.

Agua, O som do bem estar.

Prepare o jardim para o verão

A importância de um projeto paisagístico

Graduação em Paisagismo ( ou, Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas - parte 2)

Soluções para revitalizar calçadas de São Paulo

Utilizando led's no paisagismo e design de interiores

A importância da manutenção na beleza do jardim

Degraus: Como integrá-los no projeto de um jardim

Jardim bom pra cachorro

Transformando sua varanda de apartamento em jardim

Jardins e flores no inverno

O Clima e as Plantas Ornamentais

Arborização Urbana

Jardim florido o ano inteiro

Paisagismo : A importância das cores no jardim

Jardim Oriental- pedra, bambu, água

O jardim sensorial e suas principais características

Dúvidas comuns em relação à estrutura de piscinas, para construção e reforma

Piscinas exigem cuidado e atenção durante o ano todo

Prepare sua piscina para as delícias do verão