Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Home Office: um desafio para o mundo corporativo

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Enquete

Vai reformar ou construir? Onde faz suas pesquisas de marcas e preços?





Ver todos os resultados

 

Discussões no Fórum

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'água.

Procuro designer de interiores rj

Armário de cozinha, como escolher?

por Inês Reis e Márcia Marques

Jardim bom pra cachorro



Porque os cães parecem adorar destruir nosso jardim? Você pode não querer acreditar, mas a grande maioria dos problemas cotidianos de nossos cães são fruto do pouco estímulo e da falta de exercícios que vivem, dia após dia.Nenhum cachorro foi criado pensando nas horas que ele teria que passar sozinho, todos os dias.

E não é só cachorro grande que gosta de procurar confusão no jardim da casa.



Teoricamente todos os cães, de todas as raças, gostam de cavoucar. O que a gente observa é que as raças originalmente desenvolvidas para um trabalho específico e que demanda muita energia, tende a cavoucar muito mais do que as outras raças.
Alguns exemplos são: Pastores Alemães, Rottweilers, Huskies Siberianos, Beagles, Cockers Spaniels, Dachshunds, Labradores, Goldens Retrievers, e é claro, os especialistas na arte de desencavar até o esgoto, todos os Terriers.

Para solucionar o problema, é preciso entender porque os cachorros gostam de cavoucar?

- Eles cavam para fazer suas "camas", porque estão entediados, para se exercitar, para ficar fresquinho ou quentinho, para esconder a comida rara de aparecer, para trabalhar ou porque tem um bichinho no jardim.

Na maioria dos casos é só "dar" aquilo que ele precisa. Ou seja, mais exercício; uma casinha ou abrigo, com um paninho para ele empurrar pra lá e pra cá e fazer a cama do jeito dele; reservar um horário, todos os dias, para brincar e acabar com os roedores.

O importante é lembrar que ter um quintal enorme não costuma adiantar muito quando se trata de se exercitar. A grande maioria dos cães só se mexe mesmo quando o seu dono lhe dá a imensa honra e prazer de acompanhá-lo. Ou seja, só tem graça se você estiver junto, senão é melhor dormir o dia todo e estragar as plantas a noite inteira mesmo!

Fezes na grama, ou no meio do canteiro, também tem a sua explicação. Cães são por natureza preocupados em manter o seu território limpo, e se possível livre de urina e fezes. Usar um solo mais permeável, que escoe rapidamente a urina e que possa absorver as fezes o mais rápido possível é instintivo para eles, e é por isso que acabam preferindo usar o canteiro das suas flores premiadas (aquelas que ele ainda não conseguiu destruir inteiramente).

O que eles preferem

Os filhotes adoram as plantas suculentas, afinal, sua maciez deixa-as muito apetitosas aos dentes ainda incipientes. Assim, evite plantar dedos-de-moça, Echeverias e outras do gênero.

As folhagens que balançam ao vento, nem pensar. Fazem parte de seu cardápio básico, pois eles confundem as folhas com algum tipo de bicho. Não escolha os bambuzinhos, helicônias, strelitzias e bananeiras.

Espécies que possuem algum receptáculo armazenador de água, como as bromélias, devem ser excluídas ou tiradas do alcance dos caninos. Adoram beber ali e acabam por destruir folhas e flores.

O cheiro forte do manjericão, da cidreira ou da citronela atraem seu faro apurado. Além disso, quando estão com algum distúrbio estomacal, os cães se recuperam comendo ervas. Assim, de maneira nenhuma plantas com odor podem estar por perto.

O gramado é um elemento problemático. A urina dos cães lhe é prejudicial. Se for uma fêmea, cuidado redobrado, pois sua urina é liberado em um único local e em grande quantidade, queimando a grama.

O que eles evitam

Plantas com copa alta são, obviamente, a grande solução para os transtornos com cachorros caçadores em jardins. Rhafis, árvore-da-felicidade, bambu mossô, frutíferas e arvoretas em geral resistem bem aos pulos das pequenas feras.

O uso de opções que espetam, sem machucar, ou que têm folhas bem finas e fazem cócegas nos focinhos são bastante úteis. Aposte no alecrim, no aspargo, na russelia e na fênix.

Algumas dicas práticas:

Um jardim e um cão podem coexistir pacificamente, com atenção a alguns pontos chave.

A maioria dos cães adora água e qualquer fonte ou lago, por menor que seja, será alvo da sua atenção.

Em grandes estruturas aquáticas é necessário garantir que o cão consiga sair sem dificuldades. Os tanques representam normalmente um perigo de afogamento, devido às paredes verticais que não permitem ao animal conseguir um apoio para sair sozinho do tanque. Com as estruturas pequenas, o perigo é normalmente a qualidade da água, que não deve ser bebida pelo animal. Neste último caso, basta algum treino para que o cão não beba nesse local.

Prevenção tem de ser a palavra de ordem, por isso é preferível escolher logo de partida estruturas que não levantem perigos ou cercá-las de forma a não possibilitar o acesso aos cães.

A altura da rega pode ser aproveitada para fazer uma festa de água, tornando a tarefa de regar mais divertida para todos. Um jardim livre de pesticidas químicos é amigo de todos os animais.

Existem diversas alternativas ao gramado tradicional, mas se preferir ter um no seu jardim, conseguirá minimizar as manchas amarelas e castanhas que irão surgir aqui e ali na relva, se deitar um balde de água no local onde o cão acabou de urinar. Nas áreas onde a grama ficou amarela, corte esse pedaço e semeie grama.

A casca de árvore é uma ótima alternativa ao gramado tradicional e é resistente ao uso do espaço por um cão. Mas não use casca de cacaueiro, porque o cacau é venenoso para os cães.

Se o seu cão gosta de cavar buracos, deixe-lhe uma área livre, como um pequeno canteiro ou uma caixa de areia. Pode treiná-lo a cavar ali (e não em todo o lado), escondendo um osso no local quando ele estiver, deixando ossos ou brinquedos escondidos no local. Sempre que ele cavar na área designada, dê-lhe um reforço positivo, como festas ou guloseimas e depressa se tornará o seu local preferido.

Cuidado com as plantas tóxicas. Não as plante no jardim ou só num local de difícil acesso ao seu cão.

Tenha atenção a troncos partidos e apodrecidos e aos cogumelos e fungos que aparecem normalmente de seguida.

Colocar um repelente natural próprio para pet em pontos estratégicos e fique de olho para ver se a quantidade de difusores é suficiente e se o repelente ainda está ativo. Se uma área for muito nobre cerque-a com alguma tela, até seu cão perder totalmente o interesse por ela.


Quanto mais aborrecido o seu cão estiver, mais estragos fará, por isso mantenha-o distraído com muitas flores para cheirar, insetos para perseguir e muito carinho... a imaginação dele fará o resto.

Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.


Comentários

Mais artigos

Bonsai, uma forma de arte!

Como fazer um jardim seco

Soluções para apartamentos: trepadeiras em vasos

Planejamento de Jardins

Como preparar o seu jardim para o inverno.

Jardinagem em Quintal Pequeno

A amoreira – para ornamentar, alimentar e vestir

Como escolher mudas saudáveis.

Pisos x Piscinas

Paisagismo: o florescer de uma profissão

Como escolher plantas para o jardim

Como fazer um muro verde

Dicas para o cultivo de árvores em calçadas

A grama do vizinho é mais verde!

Paisagismo do Futuro: Sustentabilidade verde

Jardim de inverno

Paisagismo na arquitetura

Árvores para plantio próximo à piscina

Vamos preparar os nossos jardins para o inverno.

Criando, ou mudando, para muito melhor o seu jardim.

Paisagismo e seus estilos

A mesa do jardim!

Onde plantar plantas perfumadas

Quais tipos de plantas ter no apartamento?

Primavera? Aposte em flores para embelezar sua casa.

Como cuidar do jardim na primavera.

Jardim sem sol, isso não é um problema!

Gazebo: espaço de lazer e descanso no jardim

Jardim & Flores no Inverno

Ikebana, O belo para dentro de casa

Quando é preciso trocar de vaso?

Pragas: salve suas plantas!

Os Eucaliptos Utilizados em Paisagismo e Jardinagem

Coitadas das nossas árvores, coitadas de nossas calçadas

Orquídeas, dicas para cuidar bem delas.

O Jardim na Primavera

Decore sua casa com flores da primavera!

Violetas, como cuidar bem delas.

Já pensou no jardim do seu condomínio?

Trepadeiras em vasos, solução para apartamentos

As vantagens das trepadeiras em seu projeto de paisagismo

Flores do inverno

Jardim bem cuidado ao longo do ano!

Uma oportunidade de volta às raizes

Setor hoteleiro investe pouco em paisagismo e ecoturismo

Lagos Ornamentais nos Projetos Paisagísticos

Jardim impecável para a temporada de inverno

Paisagismo e Sustentabilidade

Mudas vendidas por ambulantes não vingam e trazem prejuízos

Jardins Terapêuticos e Jardins Comestíveis

Novo parque de Manaus resgata época áurea da borracha na Amazônia

Paisagismo em espaços públicos: benefícios para cidades e para população

As vedetes do paisagismo: as Palmeiras.

Agua, O som do bem estar.

Prepare o jardim para o verão

A importância de um projeto paisagístico

Graduação em Paisagismo ( ou, Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas - parte 2)

Soluções para revitalizar calçadas de São Paulo

Utilizando led's no paisagismo e design de interiores

Crescimento da construção civil intensifica demanda por paisagistas

Projetos de Benedito Abbud são selecionados para Congresso Mundial de Arquitetura Paisagística

A importância da manutenção na beleza do jardim

Degraus: Como integrá-los no projeto de um jardim

Jardim bom pra cachorro

Transformando sua varanda de apartamento em jardim

Jardins e flores no inverno

O Clima e as Plantas Ornamentais

Arborização Urbana

Jardim florido o ano inteiro

Paisagismo : A importância das cores no jardim

Jardim Oriental- pedra, bambu, água

O jardim sensorial e suas principais características

Dúvidas comuns em relação à estrutura de piscinas, para construção e reforma

Piscinas exigem cuidado e atenção durante o ano todo

Piscina em Ubatuba fica dezesseis metros acima do solo

Prepare sua piscina para as delícias do verão