Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Home Office: um desafio para o mundo corporativo

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Enquete

O resultado da Copa do Mundo de Futebol, terá alguma influência nas eleições?



Ver todos os resultados

 

Discussões no Fórum

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'água.

Procuro designer de interiores rj

Armário de cozinha, como escolher?

Nessa área o IBDA tem a parceria da Eternit. Atuando no Brasil desde 1940, líder no mercado brasileiro de telhas e caixas-d’água na construção civil brasileira, dentro de seu objetivo estratégico de consolidar a marca como provedora de produtos e soluções para a construção civil, revoluciona o segmento de louças sanitárias e lança no setor produtos que combinam beleza e funcionalidade.
Das elegantes cubas aos arrojados vasos sanitários de peças únicas, sem esquecer os requintados modelos de pias, o consumidor alia tudo isso à marca Eternit.
Saiba mais: www.eternit.com.br

por Redação do Fórum da Construção

Como decorar um banheiro com estilo



Por norma, o banheiro (casa de banho) é o primeiro local da casa que visitamos logo de manhã e o último antes de nos deitarmos. É um espaço privado e reservado, onde tratamos de nós, mas também é um pequeno refúgio onde procuramos relaxar e alguns minutos de sossego no fim de um dia cansativo. Para que esta não se torne numa divisão esquecida, dedique-se e faça deste, um dos espaços mais intimistas e agradáveis da sua habitação.


Louças Sanitárias Eternit - Bacia Mona one piece


As primeiras decisões

* A casa de banho é, na maior parte das vezes, a divisão mais pequena da casa e, por isso mesmo, uma das mais descuradas. No entanto, se pensarmos bem, isso acaba por trazer algumas vantagens: torna-se o espaço mais fácil e menos dispendioso de decorar ou de redecorar.

* Como em qualquer outro espaço de uma habitação, também o banheiro pode ter a sua própria temática: rústico, antigo, minimalista, infantil ou inspirado na praia, no campo ou na música, aqui, a imaginação não tem limites! Se optar por um tema central, pode tornar-se mais fácil escolher os restantes materiais, cores e acessórios.

* A primeira opção prende-se com as paredes: vai pintar, colocar azulejo, mármore, pastilha ou papel de parede? Tenha em conta que as cores mais claras conferem maior amplitude a um espaço reduzido. Se, por outro lado, o banheiro for grande e quiser atribuir-lhe um ambiente mais aconchegante, a sua escolha deve recair nas cores mais escuras. No entanto, nada impede que possa pintar a sua casa de banho minúscula de preto ou colocar um papel de parede bordeaux… como diz o velho ditado: gostos não se discutem!

* Para ajudar a decidir o cenário que quer criar pode ainda fazer o seguinte: escolha primeiro a cortina da banheira e decorar a partir daí – se for transparente vai “aumentar” o espaço e pode ser combinada com quase tudo; se for de uma cor sólida, pode escolher um papel de parede mais ousado (com texturas ou padrões diferentes) ou um azulejo numa cor complementar; se optar por uma cortina com padrão, escolha uma das cores presentes no modelo para aplicar no resto da divisão. Pode ir ainda mais longe – “vista” o varão da cortina ao forrá-lo com um tecido ou papel autocolante que combine com a restante decoração.

* Quando dirigir os olhos para baixo, vai querer um chão confortável, que não manche e que possa ser limpo facilmente. Analise os prós e os contras dos diferentes materiais existentes no mercado. Mosaico, azulejo, tijoleira, pastilha e madeira são apenas algumas das muitas opções prontas para receber as suas pantufas!

* Antes de tomar uma decisão final relativamente ao acabamento das suas paredes, certifique-se que o material escolhido é apropriado para a casa de banho, ou seja, resistente à água, humidades, perfumes e outros produtos do género.

* Escolher lavatórios, banheiras, sanitas, torneiras, chuveiros, toalheiros, armários e puxadores de porta são outras decisões muito importantes. Para além de serem materiais sanitários caros, serão aqueles que, a longo prazo, terá maior dificuldade em substituir. Tendo em conta o estilo e/ou orçamento que escolheu para o seu banheiro visite as lojas da especialidade para conhecer a vasta gama de produtos que normalmente disponibilizam.

Acessórios que fazem a diferença!

* Também as toalhas têm acompanhado as tendências da moda e do design de interior, apresentando-se numa panóplia de cores e padrões, prontas para revitalizar qualquer banheiro. Opte por toalhas que condizem com a cortina da banheira e/ou o tapete, para um efeito visual globalmente agradável. Se não quiser tornar este espaço num estendal, o melhor será evitar a mistura de muitas cores e padrões. As próprias toalhas (de cores condizentes) podem servir de objecto de decoração ao serem colocadas dentro de um cesto de vime. Este, por sua vez, pode ser colocado no chão, em cima do lavatório ou da sanita.

* O tapete é um acessório essencial no banheiro para proteger os pés do chão frio depois de um banho bem quente. Mais uma vez, escolha cores que combinem com os restantes acessórios principais (paredes, cortina, toalhas, …) e, dependendo do espaço, ponha um junto da banheira e outro junto do lavatório. Para além de ser confortável, esta peça, numa cor atraente, empresta uma lufada de ar fresco a qualquer casa de banho.

* Para além do armário que normalmente acompanha o lavatório, a maioria das casas de banho não têm capacidade para acolher mobiliário extra. Se este for o seu caso, já pensou em colocar um pequeno armário ou prateleira sobre a sanita para guardar toalhas? Se tiver a sorte de ser o proprietário de um banheiro espaçoso pode acrescentar um baú, uma cesta em verga ou caixas decorativas empilháveis, que dão sempre jeito no que toca a arrumações!

* O trio maravilha de qualquer banheiro bem decorado é composto por velas, sabonetes e potpourri (flores secas aromatizadas), objectos de desejo e ainda por cima extremamente económicos! Estrategicamente colocadas (no canto da banheira, no chão ou mesmo no lavatório), as velas grandes, pequenas, redondas, quadradas, acesas ou apagadas e de todas as cores e mais algumas, ficam sempre bem. Certifique-se apenas que não estejam muito próximas de objectos inflamáveis (cortinas, toalhas, flores artificiais, tomadas eléctricas, perfumes...). Para além do seu papel puramente funcional, hoje os sabonetes ganharam novas e surpreendentes formas e foram elevados também eles ao estatuto de peça decorativa. Por fim, basta juntar uma jarra em vidro repleta de potpourri e cujas cores também pode escolher com base na sua palete. Como o espaço em questão é, por norma, relativamente pequeno, escolha aromas leves e agradáveis com notas de citrino, da natureza ou do mar. As fragrâncias mais quentes são apropriadas para os meses do Outono e do Inverno, podendo ser trocadas na Primavera e no Verão por fragrâncias mais frescas.

* Muito mais do que peças funcionais, hoje os conjuntos de banheiro (copo, saboneteira, piaçabba, caixote do lixo…) são objectos de puro design. Disponíveis nos mais diversos tamanhos, estilos e cores, basta procurar um pouco para descobrir qual o mais perfeito para a sua casa de banho.


Louças sanitárias Eternit - Lavatório Seattle


* Dê vida às paredes do banheiro da mesma forma que o faria noutra qualquer divisão! Pendure quadros ou molduras, mas sem investir muito dinheiro uma vez que estes estarão em constante contacto com a humidade e outras substâncias normalmentes utilizadas na casa de banho. Outra peça chave para estas paredes são os espelhos – gigantes, minúsculos, redondos, quadrados, com ou sem moldura – não podem faltar! Até porque são outro truque para fazer o banheiro parecer maior!

* Não há nada como muita luz natural na casa de banho. Se for um desses sortudos, pode dar-se ao luxo de pendurar umas cortinas leves ou um estore prático. Se não, tenha especial cuidado no que toca à iluminação artificial: a zona do lavatório requer uma luz mais forte ao contrário da zona da banheira. Para um detalhe com classe, coloque um pequeno candeeiro no banheiro (tenha apenas cuidado com o fio eléctrico e respectiva tomada).

Viva o luxo!

* Para um efeito spa dentro da sua própria casa (e se as suas finanças permitirem!) não há nada como um banheira ou chuveiro de hidromassagem. Se quiser ir ainda mais longe, o jacuzzi será a jóia na coroa das casas de banho mais luxuosas.

* Um banheiro com zonas independentes é o expoente máximo da privacidade e do conforto – uma mais recôndita para a sanita, um chuveiro walk-in (sem portas), um espaço elevado para a banheira ou jacuzzi e dois lavatórios, que nunca são demais!

* Acessórios para descansar – um banco, um cadeirão ou um pouf dão um toque de conforto inagualável a qualquer banheiro. E não se esqueça de colocar um porta-revistas ou um cesto com livros aos seus pés.

* O chão e os toalheiros aquecidos completam uma casa de banho digna de um hotel de cinco estrelas!

Outras Dicas

* Divirta-se a procurar e a experimentar novos acessórios e cores… coloque, retire, adicione, pendure, agrupe – não se canse de fazer experiências até conseguir atingir o look pretendido. Não há decorações correctas ou erradas, há apenas aquelas com as quais se idenfica e que emprestam personalidade à sua casa. O importante é não fugir da palette de cores ou do tema base. Depois, vá refrescando o ambiente com toalhas ou velas diferentes, substituindo, de vez em quando, alguns dos acessórios maiores.

* Procure peças originais para decorar o seu banheiro! Pense bem, pode já tê-las guardadas ou em exposição noutra divisão da casa; ou podem até ser objectos que não têm nada a ver com casas de banho – colecções de frascos, chapéus ou postais; antiguidades ou objectos vintage. Deixe-se inspirar e ouse ser diferente!

* As plantas naturais – escolha apenas as que necessitam de pouca luz – ou artificias – não se esqueça de lhes limpar o pó – são outros elementos que podem dinamizar a decoração da sua casa de banho.

* Se não souber e precisar de mexer na água ou na electricidade, não assuma o papel de picheleiro ou electricista. Chame sempre um profissional para evitar acidentes, estragos e gastos desnecessários. As obras em casa são quase sempre uma dor de cabeça, por isso, há que ter paciência… no final valerá tudo a pena!

* Não se esqueça da casa de banho nas datas especiais, seja um aniversário, um jantar informal com amigos ou a quadra natalícia. Aproveite a ocasião para encher o banheiro de balões, pequenas prendas (que podem servir apenas para enfeitar ou conter uma lembrança para os seus convidados), um cesto com rebuçados, decorações de Natal, toalhas com motivos natalícios ou encha a banheira com água suficiente para colocar algumas velas acesas a flutuar. Os seus convidados vão adorar… se calhar não vão é sair da casa de banho!


Fonte:www.eudecoro.com


Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Água, como reduzir o consumo no banheiro?

Para o seu banheiro ficar na moda!

Banheiro, como torná-lo mais aconchegante

Atenção na hora de criar um novo banheiro em imóveis antigos

Banheiro pode virar sala de banho com boa iluminação

Como planejar um banheiro com banheira

Água, como reduzir o consumo no banheiro?

Como decorar banheiros pequenos

Decore seu banheiro com estilo

Como decorar um banheiro com estilo

Como decorar um banheiro

Louças Sanitárias Eternit: novidades com design moderno e muitas cores

Os banheiros dos espaços corporativos precisam ser sisudos e desconfortáveis?

Banheiro: 10 erros comuns em projetos.

Louças sanitárias Mona , integrando design inovador com sustentabilidade.

Criando banheiros bonitos

Eternit: além das telhas e mais do que caixas d`água

Eternit em novo segmento: Louças Sanitárias

Bacias sanitárias e o consumo de água