Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação do Fórum da Construção

Mitos e verdades sobre energia elétrica e equipamentos domésticos



A eletricidade é essencial para o dia a dia e isso não é novidade. Por ser uma necessidade e um assunto muito técnico, existem suposições sobre ela. Por isso, falaremos as principais dúvidas levantadas quando falamos sobre isso! Vamos descobrir mais sobre os mitos e verdades sobre energia elétrica?


1. Equipamentos em stand-by não consomem energia

Mito! Stand-by é o modo que os aparelhos entram para consumir o mínimo de energia possível e possibilitar rápido ligamento, mas o consumo ainda existe. Portanto, nesse modo os aparelhos consomem pouca energia, mas se somarmos todos, teremos um grande consumo total. Esse uso de energia diminuído pode representar de 15% a 20% da sua conta .

2. Secar roupas atrás da geladeira aumenta o consumo

Verdade! As grades das geladeiras servem para trocar calor com o ambiente. Ao estender roupas, você prejudica o funcionamento e faz ela “trabalhar” mais para manter a temperatura ideal. De acordo com a Brastemp, esse hábito pode trazer danos permanentes ao equipamento e aumentar o consumo de energia.

3. Muitos equipamentos ligados em uma mesma tomada consomem mais energia elétrica

Mito! Ligados em tomadas diferentes ou na mesma, os equipamentos consomem a mesma quantidade de energia para funcionar. Porém, essa é uma ação que pode comprometer a instalação do local. As tomadas são projetadas para suportarem um determinado número de equipamentos e caso excedido, pode gerar uma sobrecarga e até mesmo provocar um incêndio.

4. Lâmpadas de LED são mais econômicas que as lâmpadas fluorescentes

Verdade! O que determina o quão forte é uma lâmpada é a quantidade de lúmens que essa apresenta (essa medida pode ser encontrada no rótulo do produto). Já o consumo é determinado pela potência que ela tem. As lâmpadas de LED têm a capacidade de apresentar a mesma quantidade de lúmens que uma lâmpada fluorescente e ao mesmo tempo ter uma potência menor. Portanto, a lâmpada de LED vai iluminar tanto quanto a fluorescente consumindo menos energia.

5. Aparelhos com tensão 110V gastam menos que aparelhos com tensão 220V

Mito! O consumo de eletricidade está relacionado à potência do aparelho, e não tem relação com a tensão dele. Muitas indústrias optam por 220V, ou até mesmo 380V, para ter economia nas instalações, pois quanto maior a tensão, menor o fluxo de corrente elétrica e menor a espessura dos cabos necessários, gerando economia somente na infraestrutura do local. Porém, o gasto mensal com equipamentos é equivalente em qualquer tensão. Vale ressaltar que se o equipamento não for ligado na tensão indicada pelo fabricante, existe o risco de danificar permanentemente o mesmo.

6. A posição do ar-condicionado influencia na conta de luz

Verdade! Quando instalados na parte superior do cômodo, o ar-condicionado tende a funcionar melhor. Isso se deve ao fato de o equipamento funcionar devido à transmissão de calor por convecção. Ou seja, o ar frio, que é mais denso, tende a descer e o ar quente o contrário, e ao instalar o aparelho na parte superior, nos beneficiaremos desse fato, exigindo menor gasto de energia.

7. Guardar alimentos quentes na geladeira aumenta o consumo

Verdade! O consumo de energia da geladeira está diretamente relacionado ao tempo que seu motor estiver funcionando. Esse, por sua vez, entra em funcionamento sempre que precisa resfriar o interior da geladeira. Ao colocar algo quente dentro, será necessário mais tempo para resfriá-lo, fazendo com que o motor funcione por mais tempo e gaste mais energia.

8. Ferro de passar gasta pouca energia

Mito! O ferro de passar, assim como outros equipamentos que possuem resistência, consomem muita energia elétrica. Junto do chuveiro elétrico, do ar-condicionado, da geladeira e da máquina de lavar, representa um grande risco para a sua conta de luz.

9. Elevador lotado gasta mais energia do que quando está vazio

Verdade! Os picos de consumo de um elevador estão diretamente relacionados ao tempo que ele está em movimento e à força necessária para que isso aconteça. Com isso, quanto mais pessoas estiverem no elevador, mais força será necessária para entrar em movimento, aumentando o seu consumo.

10. Linhas de alta tensão provocam câncer

Mito! A Organização Mundial da Saúde acompanha todos os testes a respeito dos campos eletromagnéticos gerados pela rede elétrica. São feitas recomendações para que as instalações não tragam quaisquer riscos ao ser humano. Elas são seguidas rigorosamente pelas concessionárias. Além disso, não houve comprovação científica de que uma instalação regularizada possa causar qualquer dano às pessoas. Portanto, não há com o que se preocupar.

Agora você está familiarizado com alguns mitos e verdades sobre a nossa relação com a energia elétrica! Além disso, vale ressaltar que muitos desses mitos estão relacionados à sua instalação!



Fonte:empeltecjr.com



Visite nossas páginas no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao e Twitter - www.twitter.com/forumconstrucaoCurta, Divulgue








































Comentários

Mais artigos

Instalação elétrica em residências: 5 erros para evitar!

Mitos e verdades sobre energia elétrica e equipamentos domésticos

Serviços de eletricidade e o impacto na construção civil

A importância dos Eletricistas Instaladores Residencial, Predial e Industrial

Instalações elétricas: saiba como evitar os problemas mais comuns

Problemas elétricos residenciais: conheça os principais

Como Evitar o Derretimento das Emendas do Chuveiro

É possível ligar aparelhos 127V em 220V ou vice versa?

Variação na tensão da rede, porque ocorre?

Fio Terra: Para Que Serve? Onde e Como Usar?

Como manter eletricistas longe do perigo

Curto-circuito: quando acontece, o que fazer e como evitar

9 maneiras de evitar acidentes com a rede elétrica

Como resolver problemas de curto-circuito?

12 erros que comprometem a instalação elétrica de uma residência

Sobre o Lixo Eletrônico

Erros que comprometem a instalação elétrica de uma residência

Como detectar problemas nas instalações elétricas

5 problemas na rede elétrica que afetam seus equipamentos

A importância da manutenção nas instalações eletricas

Como evitar riscos elétricos na construção civil

Como evitar acidentes com Eletricidade

O que está acontecendo com nosso clima? Descargas atmosféricas e seus efeitos

A importância do projeto elétrico residencial

Com que frequência devemos renovar a instalação elétrica no condomínio?

Dicas de segurança com a energia elétrica

Internet pode trafegar pela rede elétrica

Gravidade do Choque Elétrico

Atmosferas Explosivas - Instalações elétricas - Gerenciamento de Riscos

Por que devemos contratar um eletricista para fazer um Aterramento Elétrico?

Como Prevenir Incêndios Elétricos em Casa

Instalações eletrônicas em ambientes hospitalares.

Aterramento elétrico

Iluminação, introdução aos sistemas de controle

Construção Civil e os Acidentes com Instalações Elétricas

As radiações eletromagnéticas no ambiente doméstico

Folhas luminosas de fibras ópticas superam deficiência dos LEDs

Chuveiro elétrico é mais econômico que aquecedores

Novo padrão de tomada elétrica brasileiro

Aterramento e proteção contra descargas atmosféricas

Iluminação em baixa voltagem

Instalações elétricas : Previna seu patrimônio contra danos

Como ter segurança em trabalhos com eletricidade

Semáforo plano de LEDs é mais leve e reduz custos de instalação e manutenção

Dimensionamento cuidadoso e execução correta garantem instalação elétrica de qualidade

Cobre valorizado no mercado internacional afeta Brasil e incentiva roubo de condutores elétricos e de cargas

Distúrbios elétricos provocam problemas em eletrodomésticos