Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Em Empreendimentos Imobiliários (veja mais 112 artigos nesta área)

por Arq. Iberê M. Campos

A epidemia dos Condomínio-Clube



Se você tem acompanhado os anúncios de lançamentos no mercado imobiliário já deve ter atentado ao grande número de conjuntos de prédios ou mesmo de residências que oferecem “uma ampla área de lazer”. Estes conjuntos são denominados clubes residenciais, ou condomínios – clube. A idéia é que o morador fique dentro de um mesmo espaço onde encontre os serviços básicos do dia-a-dia como mercado, correio, academia, esportes e áreas de convívio social.

Entre as razões para esta tendência estão o aumento da violência, a maior participação da mulher no mercado de trabalho que, consequentemente, não tem com quem deixar os filhos, o maior número de idosos e a elevação das taxas condominiais,

Um condomínio-clube é caracterizado por ser um empreendimento com grandes áreas de lazer, que aproveitam a disponibilidade de terrenos com áreas usualmente superiores a 8 1.000 m². O equipamento comum funciona como se fosse uma extensão do espaço privativo que, normalmente, tem áreas menores. Para compensar o espaço interno reduzido, o marketing das construtoras reforça que a despesa de condomínio fica menor que a mensalidade de um clube ou o salário de uma babá.

Como resultado físico, em geral são condomínios com três ou mais torres com diversas opções de entretenimento e lazer, com taxas menores de condomínio em função do rateio entre um maior número de unidades, tudo isso aliado a um sistema de segurança mais eficaz do que aquela oferecida pelo poder público.

Essas modalidades estão surgindo em maior freqüência nas cidades de São Paulo e Rio de Janeiro, Colhemos ao acaso informações de alguns, só para ilustrar este artigo:

Caso 1 – Provavelmente como resultado da taxa de ocupação imposta pela prefeitura, 80% da área de um terreno com 35 mil m2. é destinada à área de lazer compreendendo centro de estética, sala de ginástica e mini cinema. São 420 apartamentos distribuídos em sete edifícios.

Caso 2 -- Num terreno de 11.000 m² foram edificadas duas torres com 300 apartamentos. Entre as opções de lazer estão, existe spa, salões de festa, espaço gourmet e mini-quadra gramada.

Caso 3 – 288 unidades com duas opções de planta, quatro ou três dormitórios e área entre 125 m² e 150 m². 80% do terreno de 14.000m² fica dedicado à infra-estrutura de lazer, esportes e entretenimentos. Contando com piscina olímpica (50 metros de comprimento), salão de beleza, atelier de artes, cinema e lan house além das tradicionais opções como sala de ginástica, quadras e pista de cooper.

Caso 4 – Segundo a incorporadora, “um novo conceito foi desenvolvido para um terreno de 10.000m². São 348 apartamentos em edifícios com portarias exclusivas, uma vez que o projeto foi desenvolvido como sendo um mini bairro. Além das tradicionais inovações de lazer, o conjunto tem o diferencial de um jardim suspenso.

Caso 5 – Usando uma área menor, são 6.200 m² de terreno que abriga duas torres com 276 unidades no total. A proposta do projeto é proporcionar uma vida mais saudável aos moradores, com prática de esportes. Tem piscina olímpica, deck molhado, fitness com sauna, deck para ioga com fonte, cascata, mini-campo esportivo, jardins e trilhas para caminhadas.

Claro que é opção de cada um, ter um apartamento menor e mais área em comum, morar em um apartamento tradicional que é justamente oinverso. Além das possíveis vantagens para os adquirentes, do ponto de vista urbanístico o que tem se verificado é a descoberta ou revitalização de locais que não figuravam na preferência da classe média. Isto ocorre justamente em áreas que vinham sofrendo degradação urbana e que em geral eram áreas industriais, em função justamente dos espaços disponíveis para este tipo de empreendimento. Em São Paulo, temos por exemplo os bairros da Moóca, Pari, Belém e Tatuapé, na Zona Leste, que estão ficando infestados de Condominios-Clube.

Comentários

Mais artigos

Documentação: o que é necessário saber antes de uma reforma

9 dicas para encontrar seu imóvel comercial

6 Dicas para encontrar o apartamento ideal

Morar em condomínio: pontos positivos e negativos

Como Escolher um Apartamento

Comprando um imóvel com segurança

Hora de reforçar a higiene nos condomínios para combater as doenças no outono/inverno

A diferença entre construtora e incorporadora

Vistoria de apartamentos novos: porque ela é tão importante.

Dicas para a compra segura de seu imóvel

Os cuidados ao contratar a administradora do condomínio

Pensando nas Crianças: geração que vive em condomínio quer desfrutar de lazer e segurança

Taxas de condomínio: alternativas são necessárias para o momento de crise

O síndico e as reformas condominiais

Acessibilidade, Condomínios devem se adaptar

Mitos e verdades na compra de uma casa

Condomínios novos reduzem o consumo de água.

Vantagens e Cuidados na hora de Comprar Imóveis na Planta.

Condomínios: Tolerar ou não barulho de vizinhos.

Imóveis, A era dos supercompactos

Como elaborar um projeto de construção de uma casa?

Instalação de antena em topo do prédio

Dicas para a compra de casa de campo

Vidros na construção civil

Você sabe o que é manutenção predial?

Imóvel novo ou usado? Antes de decidir, veja o que levar em conta.

Manutenção, algo que todos precisamos

Alteração da fachada do apartamento: quem decide, o proprietário ou o condomínio?

Assembleia virtual em condomínios é tendência

Condomínio, sociedade que deve prevalecer o diálogo

Saiba como eliminar os cupins da sua casa

Ninguém quer ser síndico. E agora?

Perguntas e respostas sobre Direito Trabalhista

Como comprar um Imóvel sem acumular Dívidas.

O uso do FGTS para a compra de imóveis.

Primavera traz aumento de bichos indesejados no condomínio. Como se prevenir?

A área do Imóvel no Lugar Certo.

Como avaliar um imóvel?

Drogas em condomínios

À procura de uma administradora, Aspectos importantes a serem considerados

Com quantos shopping centers se faz uma cidade?

Quais os recursos que podem ser usados para definir um valor para o seu imóvel?

Qual a diferença entre área útil e área total?

Os criadores de um projeto imobiliário - bastidores de uma obra

Implantação do prédio no terreno

O que checar antes de assumir o cargo de síndico

Na hora de reformar, quem deve arcar com os gastos, o inquilino ou o proprietário?

Checklist contra incêndios

Guia para reciclagem em condomínios

Sazonalidades no condomínio

Festa no condomínio? Cuidado para não arranjar confusão!

Defeitos em edifícios

Imóvel na planta: sonho ou pesadelo?

Apartamentos Novos são menores?

Venda ou locação de vaga de garagem em condomínio?

Etiqueta em condomínios

Imóvel em condomínio? Dicas úteis na hora da compra.

Investir em imóveis na planta, como fazer?

Dez dicas para comprar um imóvel na planta.

Funcionalidade Importa mais que Tendências e Moda

A Terceira Geração dos Flats

Como fazer alterações na planta do apartamento sem reduzir seu preço de venda

Compra de Imóveis na Planta, o que analisar?

Alteração de fachadas e das áreas comuns

A sistemática do Projeto como empreendimento

Crédito imobiliário, saiba como escolher o melhor

Elevadores: Período de chuvas requer cuidados especiais

Sala de ginástica, como montar uma em seu prédio?

As finanças de um condomínio

Como conservar os elevadores?

As contribuições da Manutenção para a segurança do complexo predial

Síndico, quais são suas reais atribuições?

Estrangeirismos dominam lançamentos imobiliários

O mercado imobiliário e a internet

Condomínios: Critério de rateio

Comprando imóvel na planta? Cuidado com o contrato.

Sem entrar em armadilhas no Minha casa, Minha vida.

Prospecção: Os sete maiores erros cometidos pelos corretores de imóveis

Não se deixe enganar pelas áreas.

O que é necessário para fazer qualquer reforma ou obra em condomínios.

Qualidade na Construção Civil

Quanto vale seu imóvel? Quando dois mais dois, podem não ser quatro

Critério de rateio em condomínios

Construir para alugar

Pagar aluguel pode ser melhor do que fazer financiamento

Financiando seu imóvel em 7 passos seguros.

Maquiagem camufla os atrasos nas obras do PAC

Imóveis blindados são estimulados pela violência

É possível um terceiro comprar ou alugar garagem em prédios?

Vida em condomínio: sonho ou pesadelo?

Shoppings fazem readequações para se manterem competitivos e lucrativos

Desempenho do PIB ainda não captou recuperação da construção no primeiro semestre.

Ritmo do emprego na construção civil vem surpreendendo positivamente.

Condômino indesejável

Glossário Imobiliário

Hotel ou residência?

Terraplanagem + erosão = desastre

A incapacidade do estado de planejar e contratar

Contratos de gaveta

Imóveis : Em busca de melhores investimentos

Viver como antigamente

Casa em Resort

A importância do Habite-se

O que significa o conceito “build to suit”?

Empreendimento usa conceito sutentável

Shopping center com Centro empresarial: uma parceria de sucesso

Na ponta do lápis: será que é bom negócio construir para vender?

Avaliação imobiliária, a velha questão do preço versus valor

Será que comprar imóvel na planta é um bom negócio?

Guia para seu cliente: etapas da construção de uma residência ou pequena obra

Que fatores valorizam ou desvalorizam um imóvel?

Qual a área real de um apartamento?

A epidemia dos Condomínio-Clube