Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Home Office: um desafio para o mundo corporativo

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Enquete

Vai reformar ou construir? Onde faz suas pesquisas de marcas e preços?





Ver todos os resultados

 

Discussões no Fórum

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'água.

Procuro designer de interiores rj

Armário de cozinha, como escolher?

Em Infiltração e Drenagem (veja mais 17 artigos nesta área)

por Redação do Fórum da Construção

Problemas de Umidade e Infiltração, como acabar com os problemas



Como resolver problemas de infiltração e umidades. Impermeabilizar paredes, lajes e pisos, saiba como acabar com infiltrações e mofos por causa da umidade. Aprenda a impermeabilizar sua obra.



Água que sobe pelas paredes

Origem: quando o terreno é muito úmido, a tendência é que a umidade acumulada seja absorvida pelo alicerce da casa e brote na parede, formando manchas de bolor ou estufando a tinta da área próxima ao rodapé.

Solução: é necessário retirar o emboço de uma faixa até 50cm acima da mancha. São feitos pequenos furos a cada 10cm nos tijolos e injeta-se um produto à base de silicatos, que se infiltra na porosidade do tijolo e enrijece. Depois de seco, refaz-se o emboço, de preferência com produtos impermeabilizantes misturados à massa de cimento e areia. Se a parede for de blocos de concreto não é possível tratar definitivamente a umidade, apenas diminuí-la por curtos períodos, refazendo o emboço com argamassa impermeabilizante.

Prevenção: usar argamassa com impermeabilizante ou manta asfáltica em toda a extensão do alicerce. A alvenaria também deve ser assentada com argamassa impermeabilizada até a oitava fiada.

Chuva que entra pelas frestas

Origem: entre o caixilho e a parede podem se formar frestas que permitem a passagem de água da chuva. A umidade se manifesta formando bolor ou estufando a tinta.

Solução e prevenção: a junção entre o caixilho e a parede deve ser calafetada com silicone, adesivo plástico ou poliuretano. Em geral, esses produtos oferecem embalagens próprias para a aplicação, com pequenos bicos que direcionam seu fluxo. Se a parede já está descascando é necessário raspar a tinta e repintar. Para prevenir o problema, deve-se repetir a aplicação em intervalos de um ano.

Umidade que vem de cima

Origem: depois de uma chuva forte, algumas telhas podem trincar e a água começa a entrar pelas rachaduras.

Solução: detectar todas as telhas danificadas e substituí-las (as vezes isso não é muito fácil, porque as fendas são muito pequenas; nesse caso, uma solução é trocar todas as peças de uma grande área).

Prevenção: não é preciso impermeabilizar os telhados, desde que se obedeça ao caimento necessário de cada telha.

Fendas surgidas após uma reforma

Origem: a água passa pelas frestas decorrentes do serviço incorreto nas junções entre os materiais antigos e os novos (por exemplo, quando um vão de uma porta numa parede de tijolos é fechado com blocos de concreto).

Solução: pode-se descascar o reboque e calafetar a junção com silicone, minimizando o problema. Porém, o ideal é refazer a parte da parede afetada utilizando o mesmo material do resto da construção, aditivando a argamassa com um impermeabilizante.

Prevenção: calafetar, com silicone, as junções novas durante a reforma (nem sempre isso garante que as frestas não venham a surgir depois).

Água que foge da piscina

Origem: piscinas cuja impermeabilização original foi feita corretamente podem sofrer, posteriormente, reformas cuja execução está sujeita a problemas (por exemplo, quando o piso ao redor é erguido e a borda não é impermeabilizada, e a água passa entre os azulejos e pinga no teto da garagem).

Solução e prevenção: impermeabilizar o deck construído posteriormente para que a água não passe pelos azulejos. Assim, algumas fileiras do revestimento da piscina terão que ser retiradas. Sobre a argamassa deverá ser aplicado um primer, espécie de tinta espessa que prepara a superfície para receber a manta asfáltica que vem em seguida. Sobre ela aplica-se um filme de polietileno, uma proteção mecânica com cimento e areia e, finalmente, os azulejos.

Recomendações úteis

Seguir sempre as orientações dos fabricantes e deixar que os materiais de construção (massa de assentamento e tijolo) sequem bem antes de serem cobertos.

Todas as lajes precisam ser impermeabilizadas. Se a laje é de concreto, a impermeabilização deve ser flexível, ou seja, feita com as membranas moldadas no local, como o piche. Se a laje for pré-moldada, recomenda-se a utilização de mantas pré-fabricadas, como as asfálticas. A proteção adequada da laje requer:

•a execução de caimento correto com argamassa em direção ao ralo ou à calha;
•o arredondamento dos cantos vivos com argamassa;
•estender a impermeabilização ao interior dos ralos e, caso a laje se encontre com uma parede, impermeabilizar os seus primeiros 20cm de altura;
•proteger a camada impermeabilizante com argamassa, evitando o desgaste provocado pelos raios ultravioleta e infravermelho e trincas devidas aos movimentos normais da construção, à sua dilatação e à contração no calor e no frio e à exposição constante ao sol e às intempéries.

As áreas molhadas (banheiros e cozinhas) são as mais sujeitas a apresentar problemas de infiltração, cuja solução exige regularização da superfície, aplicação de manta asfáltica, proteção mecânica e recolocação do revestimento. Se o problema ainda não se deu, é recomendável uma prevenção, fazendo uma calafetação anual de bancadas de pias, vasos sanitários, banheiras e ralos, usando silicone. O local de instalação de banheiras também deve ser impermeabilizado.




Fonte:www.construfacilrj.com



Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Entenda como surgem manchas de umidade e resolva o problema

Como acabar com infiltrações

Como combater e evitar infiltrações?

Problemas de Umidade e Infiltração, como acabar com os problemas

Fachadas expostas à chuva de vento

A banalização da recuperação estrutural!

Na luta contra as infiltrações! Já é possível evitar a quebradeira.

Case Parque Ecológico Indaiatuba: Obras fluviais transversais

Aplicação de geotêxtil em pavimentos

Case Trincheira Drenante: Substituição de drenos convencionais por um sistema formado por geocompostos

Fissuras e Trincas em Fachadas

Drenagem de Floreiras em Jardim Elevado

Drenos Testemunhos em Aterros Sanitários

Case de drenagem em campo de futebol: Estádio Bento de Abreu

Drenagem em campos de futebol

Versatilidade arquitetônica dos gabiões

Drenagem residencial - case do Balneário da Costa Oeste – Uruguai

Problemas com infiltração?