Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Home Office: um desafio para o mundo corporativo

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

Enquete

Haverá racionamento de água em SP?



Ver todos os resultados

 

Discussões no Fórum

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'agua

Terreno com olho d'água.

Procuro designer de interiores rj

Armário de cozinha, como escolher?

por Arq. Ignez Ferraz

Forros: além de decorativos podem ser solução para “aumentar” o pé-direito



Não pretendo falar aqui de forros industriais ou acústicos. Vamos falar de idéias para residências e escritórios, muitas vezes em prol de um pé direito mais alto e, portanto, mais arejado.
Quando se fala de forro para residências pensa-se logo em tornar o ambiente mais aconchegante ou acrescentar uma textura ao contexto. No caso de escritórios, a idéia em geral é complementar a decoração, abafar ruídos ou até mesmo esconder a tubulação de elétrica e hidráulica presa ao teto. Mas os forros podem ter outras funções, mudando suas características e maneiras de colocação, como demonstramos a seguir.

Inclinação -- nas casas (residências unifamiliares) encontramos as maiores possibilidades de “aumentar” o pé direito. O forro deve, sempre que houver chance, acompanhar a inclinação do telhado. Com isso ampliamos a aeração, criando espaço inclusive para mezaninos. Na foto abaixo temos uma sala de residência, onde o forro de réguas de freijó acompanha a inclinação do madeiramento do telhado, afastado apenas para permitir manta de isolamento termo-acústico.

Vigas -- É bastante comum encontrarmos cômodos rebaixados para encobrir vigas. Inúmeras vezes, porém, vale a pena retirá-lo (ainda que estas fiquem aparentes) para minimizar a sensação de confinamento. A foto abaixo mostra um anexo da casa onde, apesar do aparente “pouco ganho” de cerca de 30 cm, valeu a pena substituir o forro de gesso existente a 2,20m por réguas patinadas que contornam o grosso vigamento.

Função -- Dentro deste raciocínio, apenas um pequeno trecho mais elevado do cômodo pode ser funcional. No lavabo desta casa (foto abaixo) a janela só foi possível por que não houve continuidade do rebaixo próximo à fachada. Elevando o pé-direito neste trecho, ela pôde ser executada com vidro incolor, já que se posicionou acima dos olhos.

Tubulação -- Muita atenção deverá ser dada às tubulações que passam nos vãos, como ar condicionado, hidráulica, elétrica e esgoto. Às vezes é bastante simples desviá-las, como a elétrica e a hidráulica. Em outras ocasiões, quase impossível. Note que, em caso de fábricas, todas as tubulações podem ficar aparentes. Aliás, ficam até bastante charmosas quando coloridas.

Portanto, quando conseguem ser reunidas num único caminho, este também poderá ser o único trecho rebaixado. A foto ao lado é de uma escada onde há um rebaixo que, além de recobrir as instalações, delimita o espaço social e a ascensão para o íntimo.

Uma ótima idéia é rebaixar com madeira os corredores das edificações multifamiliares com altura de 2,10m. Os proprietários ganharão espaço para guardar grandes peças, alcançadas através de “visitas disfarçadas”.

Iluminação -- Teto branco é o ideal para uma aparência mais alta, principalmente com uma iluminação rebatida. Quanto mais escuro o teto, maior a sensação de opressão. Nos escritórios, a iluminação artificial é preciosa para as partes internas, afastadas de qualquer iluminação natural. Já nos banheiros residenciais, a luz artificial é fundamental nos banheiros com exaustão mecânica.

Uma idéia simpática e mais audaciosa é executar o forro como uma clarabóia, como visto na foto abaixo: vidros jateados recobrem lâmpadas fluorescentes do tipo luz do dia, dando a sensação de luz natural. As placas de vidro jateado foram vazadas nos trechos de saída da tubulação de ar condicionado. Nos banheiros as lâmpadas devem ficar afastadas das paredes cerca de 10 cm, substituindo a grelha da exaustão. Leve e agradável.

Pérgulas -- Para melhor aproveitar o uso de pérgulas em dias chuvosos, elas podem ser recobertas com materiais transparentes, substituindo os opacos. Com isto, o ponto de fuga passa a ser o céu.
A foto abaixo mostra uma pérgula conjugada com vidro incolor. Este espaço pôde adquirir mais funcionalidades como, por exemplo, sala de estar ou de refeições.


Esta matéria foi retirada sob permissão do interessante site da Arquiteta Ignez Ferraz, onde há outras matérias deste tipo. Porque não visitar? Fica em www.ignezferraz.com.br
Se você tem um projeto interessante e gostaria de ver publicado neste espaço, entre em contato conosco!



Você conhece o "Curso a distancia IBDA - SitEscola? Veja os cursos disponíveis, e colabore com o IBDA, participando, divulgando e sugerindo novos temas.

Comentários

Mais artigos

Como comprar um lote com segurança: 10 principais cuidados para não ter problemas.

Imóvel na planta sem registro é crime.

Esquadrias na construção civil

Vai reformar a casa? Confira dicas importantes

Como construir duas casas em um lote ou terreno?

Ventilador de Teto: Confira as dicas para não errar na escolha.

As primeiras coisas que deve fazer agora que comprou um imóvel.

Que cuidados tomar ao contratar a mão de obra para uma reforma ou construção?

Dicas para planejar e concluir a reforma sem sofrimento

10 Cuidados para Comprar Terrenos em Loteamentos.

Dezesseis principais riscos em um canteiro de obras

Quais são as diferenças entre os vários tipos de esquadrias?

Recomendações na compra de terrenos

Concreto moderno importa tecnologia da Roma Antiga

Os cuidados que você deve ter ao contratar profissionais para sua obra ou reforma

Tenho que reformar, e agora?

Quem faz o que em um projeto de construção, reforma, decoração ?

Desperdício na obra, como evitar.

Concreto e PVC, um casamento promissor.

Normas para andar de elevador?

Acerte na Escolha do Terreno Ideal

Procedimentos Para Legalizar Uma Obra

Materiais de Construção - Como Comprar?

Quem é o profissional que vai cuidar de sua obra?

Utilização de Elevadores e Escadas Rolantes

Obras públicas: conheça seus direitos

E o terreno? Dicas de construção.

Aspectos legais, dicas de construção.

Projeto, dicas de construção.

A indústria nacional na UTI

Qualidade da acústica começa com a escolha dos tijolos

Portas e janelas de alumínio, como conservar.

Planta Baixa – Traçando linhas e medidas

Regime Diferenciado de Contratações: um erro de proporções olímpicas

Contratar ou não contratar?

Vai ter que mudar? Como planejar e organizar

Sonho da casa própria e suas armadilhas

Vale a pena comprar imóvel por meio de consórcio?

Preocupação estética reduz custos de manutenção em elevadores

Como economizar água e energia elétrica

Comércio, desindustrialização e violência

Avaliação imobiliária : a técnica vencendo a intuição

Documentação do imóvel. O que é necessário na hora da compra?

Arquitetura que cola: obra exigiu nova técnica de construção civil

Na compra de um imóvel usado, saiba avaliar as condições

Copa de 2014: É hora de falar sério, Brasil

Planejando sua construção. Ou, evitando surpresas desagradáveis.

O pior gargalo é o governo

PAC: Gargalos e tropeços!

As catástrofes não avisam, o que fazer frente a isso? - O conceito de Arquitetura Emergencial

Construção civil: Pesquisa mostra otimismo do setor com economia em 2010

11,5 Bilhões. Bondes modernos.

Incompetência para investir.

A Década da Infraestrutura.

Vai construir? Planejando para economizar.

Imóvel na praia: investimento ou despesa?

Água como material de construção

Vai construir? E os aspectos legais?

Vai construir? E o terreno?

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - final

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 03

Dicas de construção: Quem contratar?

Serviços de engenharia e as dúvidas dos síndicos

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 02

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 01

Construção civil e sua eterna crise

Dicas de construção: e os Projetos?

Dicas para construir a casa dos seus sonhos

Construção confia em excelente 2º semestre.

A Construção Civil e seus Resíduos

Forros: além de decorativos podem ser solução para “aumentar” o pé-direito

Nova lei para elevadores e andaimes