Seu navegador não supoerta scripts

Busca

 

Curso a Distância - Redução do consumo de água em edificações

Curso a Distância - Eficiência Energética em Edifícios

Curso a Distância - Arquitetura Corporativa

Curso a Distância - Terra Crua

Curso a Distância - Arquitetura Acessível x Barreiras Arquitetônicas e Culturais

 

Artigos

 



Catálogo de Produtos Inclusivos

 

Acompanhe-nos

Facebook   Facebook

 

 

por Redação do Fórum da Construção

Quem é o profissional que vai cuidar de sua obra?



Imagine morar numa casa onde ao subir a escada você bata a cabeça na laje, descubra que para fechar a porta do banheiro é necessário 'esconder-se' ao lado do vaso sanitário e que todos os interruptores ficam atrás das portas. Situações incômodas como essas são evitadas quando confiamos o projeto de nossa casa a um arquiteto. Ele fará a distribuição correta dos ambientes, o planejamento da obra e a escolha adequada dos materiais.



Tarefas como cálculo estrutural e dimensionamento hidráulico e elétrico podem ser confiadas a um engenheiro civil - este profissional é mais especializado em cálculo, ao contrário do arquiteto, mais ligado na elaboração de projetos, embora ambos conheçam a construção básica em todos os aspectos.

Confira os caminhos que você deve percorrer para tornar seu sonho uma realidade:

Conheça o portfólio
Não escolha o profissional apenas se baseando em indicações de amigos e muito menos pelo valor mais baixo dos seus honorários. Antes de fechar qualquer negócio, conheça de perto o trabalho dele, veja o seu portfólio e visite algumas obras realizadas. Quanto maiores forem suas dúvidas em relação ao projeto ideal para você, mais importante se torna o papel do arquiteto e sua experiência.

Veja qual é o estilo do profissional
Alguns arquitetos se destacam ou se especializam em determinado estilo arquitetônico. Procure identificar, em primeiro lugar, se você e sua família preferem algum estilo em particular e cheque se o profissional tem ligação com o tipo de construção desejado.

Conheça trabalhos anteriores
Não escolha o profissional apenas se baseando em indicações de amigos e muito menos pelo valor mais baixo dos seus honorários. Antes de fechar qualquer negócio, conheça de perto o trabalho do profissional. Veja o seu portfólio, procure saber se tem projetos publicados em meios impressos, por exemplo; pergunte se já participou de mostras; peça indicação das obras realizadas e, se possível, busque referências com antigos clientes. Quanto maiores forem suas dúvidas em relação ao projeto ideal para você, mais importante se torna o papel do arquiteto e sua experiência.

Avalie o estilo característico do profissional
Alguns arquitetos se destacam ou se especializam em determinado estilo arquitetônico. Procure identificar, em primeiro lugar, se você e sua família têm preferências por algum estilo em particular e cheque se o profissional tem familiaridade com o tipo de construção desejado.

Mantenha um diálogo franco
Você deve expor gostos pessoais e esclarecer todas as dúvidas com o arquiteto. O entrosamento entre ambos precisa ser extremamente amigável, no qual o profissional é sincero com o cliente e o cliente deve dizer tudo o que pretende do arquiteto. Tente encontrar exemplos do que você deseja em revistas de arquitetura ou decoração - essas informações vão ajudar o arquiteto a planejar a casa de seus sonhos.

Além disso, não se sinta constrangido em saber como o profissional trabalha, quais são suas habilidades, de que maneira apresenta e desenvolve os projetos, e como costuma cobrar e atender seus clientes.

As regras desta relação devem ser as mais claras desde o início. Não deixe dúvidas para depois.
Nessa trajetória, vão se desenvolvendo as fases do projeto, a saber:
-Levantamento do programa de necessidades do cliente.
-Estudo Preliminar - primeiros estudos do arquiteto.
-Anteprojeto - proposta mais avançada da solução adotada com definições construtivas já esboçadas.
-Projeto Legal - proposta da solução adotada para ser apresentada nos órgãos competentes de aprovação.
-Pré-Executivo Básico - etapa pré-final, com definições estruturais e construtivas, e propostas de acabamentos.
-Projeto Executivo - solução final, com todas as informações necessárias à construção, com acabamentos e detalhes necessários à obra, na forma de um Memorial Descritivo.

Custos
O Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB) tem uma tabela de referência de honorários que sugere que o profissional cobre, pelo projeto, de 5% a 12% do valor total da obra. Alguns arquitetos costumam calcular o preço de seus projetos por metro quadrado. Quando o profissional também administra a obra, ele pode cobrar uma porcentagem sobre os gastos referentes ao material de construção ou, então, um preço fechado, que é calculado depois de se fazer uma estimativa de todo os gastos.

Há uma terceira alternativa: pagar apenas o projeto técnico e/ou responsabilidade pela execução que podem variar de acordo com a experiência do profissional. Nesse caso, o cliente fica responsável pela compra do material de construção e pela contratação da mão-de-obra.


Atenção no contrato
Em primeiro lugar, certifique-se dos serviços e das responsabilidades que o arquiteto vai assumir. Nunca contrate um profissional sem que seja firmado um contrato no qual devem constar todos os serviços a serem prestados, tais como: informações sobre o projeto e respectivas fases; valores cobrados; forma de pagamento; e prazos de entrega.

Não deixe de acertar também os detalhes quanto à aprovação do projeto na prefeitura local. É o arquiteto quem dá entrada nessa documentação nos órgãos competentes e na maioria das vezes o cliente assume essas despesas (quando não foi incluso no preço dos serviços do profissional contratado).

Direitos do consumidor: serviços de engenharia e arquitetura

- O consumidor tem direito de exigir utilização de boa técnica e conhecer a idoneidade das empresas ou profissionais.
-Exigir por escrito informações corretas e claras dos serviços, especialmente no que diz respeito às características, composição, qualidade, preço e entrega.
-Exigir que a obra obedeça às normas técnicas e às normas legais para construção.
-Evitar contratos por acordo verbal.
-Solicitar do profissional ou da empresa contratada a certidão de regularidade emitida pelo CREA.
-Recusar modificações do projeto e de materiais, sem acordo prévio, por escrito.
-Recusar o início da construção ou serviço sem orçamento aceito previamente.
-Recusar contrato sem a Anotação de Responsabilidade Técnica correspondente a todos os serviços.
-Exigir cópias de todos os projetos aprovados pela prefeitura e dos projetos complementares, bem como dos memoriais descritivos.
-Procurar o CREA para verificar a conduta do profissional e obter informações sobre serviços profissionais de engenharia, arquitetura e agronomia.




Fonte:www.aquarelamao.com.br




Visite nossa página no facebook -www.facebook.com/forumconstrucao - Curta, Divulgue

Comentários

Mais artigos

Limpeza de primavera prepara a casa para as boas energias da nova estação

A arrasadora componente tecnológica da corrupção das funções de estado

Seriam mesmo exageradas as exigências ambientais?

Como escolher o terreno certo pra construir sua casa

Documentação: o que é necessário saber antes de uma reforma

A importância de Inspeção Predial Periódica

Dicas de construção e reforma

Não esqueça a calçada na hora de reformar

Tenho que reformar, e agora?

Construir uma casa geminada: Boa ideia ou dá problemas?

Oito regras de ouro para poupar dinheiro na construção

Quais os 5 problemas mais comuns na reforma

Cuidados na compra de um imóvel usado

Vai reformar? Locação de galpão é uma opção.

Dicas para organizar a casa antes da reforma

5 vantagens do gás canalizado para sua residência

Como vistoriar o Imóvel Alugado.

Pavimento permeável

A nova perícia e o mercado imobiliário

Como conservar peças de madeira na sua casa

Dicas para reforma e ampliação de residências

Vai começar uma reforma?

Conheça (e fuja) dos erros em construções e reformas

Dez revestimentos fáceis de limpar para diferentes ambientes da casa

Mercado imobiliário: O que você precisa saber antes de comprar um imóvel?

A inclinação do terreno influencia no preço da construção de uma casa?

Nova norma para a regularização de reformas - ABNT NBR 16280

7 sinais de que sua casa precisa de uma reforma

O que é um telhado de treliça de madeira?

Qual a altura ideal para tomadas na parede: em cima, no meio ou em baixo?

Como comprar um lote com segurança: 10 principais cuidados para não ter problemas.

Imóvel na planta sem registro é crime.

Esquadrias na construção civil

Vai reformar a casa? Confira dicas importantes

Como construir duas casas em um lote ou terreno?

Ventilador de Teto: Confira as dicas para não errar na escolha.

As primeiras coisas que deve fazer agora que comprou um imóvel.

Que cuidados tomar ao contratar a mão de obra para uma reforma ou construção?

Dicas para planejar e concluir a reforma sem sofrimento

10 Cuidados para Comprar Terrenos em Loteamentos.

Dezesseis principais riscos em um canteiro de obras

Quais são as diferenças entre os vários tipos de esquadrias?

Recomendações na compra de terrenos

Concreto moderno importa tecnologia da Roma Antiga

Os cuidados que você deve ter ao contratar profissionais para sua obra ou reforma

Tenho que reformar, e agora?

Quem faz o que em um projeto de construção, reforma, decoração ?

Desperdício na obra, como evitar.

Concreto e PVC, um casamento promissor.

Normas para andar de elevador?

Acerte na Escolha do Terreno Ideal

Procedimentos Para Legalizar Uma Obra

Materiais de Construção - Como Comprar?

Quem é o profissional que vai cuidar de sua obra?

Utilização de Elevadores e Escadas Rolantes

Obras públicas: conheça seus direitos

E o terreno? Dicas de construção.

Aspectos legais, dicas de construção.

Projeto, dicas de construção.

A indústria nacional na UTI

Qualidade da acústica começa com a escolha dos tijolos

Portas e janelas de alumínio, como conservar.

Planta Baixa – Traçando linhas e medidas

Regime Diferenciado de Contratações: um erro de proporções olímpicas

Contratar ou não contratar?

Vai ter que mudar? Como planejar e organizar

Sonho da casa própria e suas armadilhas

Vale a pena comprar imóvel por meio de consórcio?

Preocupação estética reduz custos de manutenção em elevadores

Como economizar água e energia elétrica

Comércio, desindustrialização e violência

Avaliação imobiliária : a técnica vencendo a intuição

Documentação do imóvel. O que é necessário na hora da compra?

Arquitetura que cola: obra exigiu nova técnica de construção civil

Na compra de um imóvel usado, saiba avaliar as condições

Planejando sua construção. Ou, evitando surpresas desagradáveis.

As catástrofes não avisam, o que fazer frente a isso? - O conceito de Arquitetura Emergencial

Incompetência para investir.

A Década da Infraestrutura.

Vai construir? Planejando para economizar.

Imóvel na praia: investimento ou despesa?

Água como material de construção

Vai construir? E os aspectos legais?

Vai construir? E o terreno?

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - final

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 03

Dicas de construção: Quem contratar?

Serviços de engenharia e as dúvidas dos síndicos

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 02

Arquitetura brasileira contemporânea: caminhos - parte 01

Dicas de construção: e os Projetos?

Dicas para construir a casa dos seus sonhos

A Construção Civil e seus Resíduos

Forros: além de decorativos podem ser solução para “aumentar” o pé-direito